Bruxa Cósmica e Chilli Beans escancaram a Ballroom e o Vogue Beat com a nova “Soft Cxnt”

Com apoio da marca de óculos e relógios, o lançamento inclui clipe e batalha de Voguing

Escola de samba, morro e baile de dança se encontram em “Soft Cxnt”, nova música e clipe de trabalho da Bruxa Cósmica (MG/RJ), cantora, performer e dançarina. Em 9 de setembro, o lançamento do clipe acontecerá na Cxnt Ball, no Rio de Janeiro, com batalhas de várias categorias. Os prêmios de todas as disputas ficarão por conta da Chilli Beans, maior rede especializada em óculos escuros da América Latina, que entra como a apoiadora oficial do projeto.


Inspirada pela rítmica e métrica do funk carioca e do trap, reunidos com o Vogue Beat, “Soft Cxnt” está cheia de punchlines da Bruxa, que usa toda sua magia para espalhar a soberania dos corpos marginalizados, uma questão de sua vida pessoal e profissional. Como performer, dançarina e coreógrafa Ballroom, cultura legitimamente LGBTQIA+, ela sabe na pele a necessidade de se impor. “Meto mesmo, meto medo”, canta ela sem pudores para não restarem dúvidas. Sua confabulada fórmula reúne vogue beat, trap, rock, club e vem agora acrescida de percussão e até um scat singing pra lá de afrodisíaco.


Sobre o tema, a artista explica de onde surgiu: “Soft Cxnt é um termo utilizado para categorizar um sentimento da Cultura Ballroom. A sigla CXNT significa C de carisma, X para uniquicidade/seu elemento x, N para nerves, ou audácia/ousadia, e T para talento ou trabalho. Soft Cxnt nasceu nos anos 1990 como uma forma de se dançar o Vogue, um estilo de música e uma subclasse dentro da Ballroom”.


A batalha de dança e a analogia com a batalha da vida dão as caras no videoclipe, mais uma produção com visuais, figurinos e coreografias de impacto formulados pela Bruxa.


O glamour do baile divide cenários com as ruas e paisagens do Morro da Providência, favela de história contundente na formação da cultura popular do Rio de Janeiro e bairro que acolhe a mineira Bruxa Cósmica há sete anos na capital fluminense.


“‘Soft Cxnt’ é construção de memória e celebração aos sete anos da cena carioca da Ballroom, em que a letra faz exaltação ao ‘CXNT’, tradução de todo trabalho em consolidar a Cultura Ballroom no Brasil, sendo um dos países onde mais matam pessoas trans e de identidades divergentes no mundo, ao mesmo tempo em que traz força e poder ao indivíduo, incentivando o autoconhecimento primeiro e depois a entrega às outras relações”, conta ela sobre o novo vídeo, que traz referências à pomba gira Maria Navalha, uma das primeiras habitantes do Morro da Providência e uma das únicas pombas gira brasileiras, e ao imenso legado das escolas de samba do Rio, que inspiram a presença acentuada dos instrumentos de percussão.


Com uma ação ousada, “Soft Cxnt” dá origem ao Cxnt Ball, batalha de Voguing e moda organizada por Bruxa Cósmica com as categorias “Runway”, “Face”, “Old Way”, “Best Dressed”, “New Way” e “Vogue Femme Team Performance”. O tema de cada categoria está relacionado ao clipe, como “Lua de Cristal” em “Runway” e “Surfista de Trem” em “Old Way”.


A Cxnt Ball segue o formato das outras batalhas de Ballroom e terá avaliação dos jurados Vitória Xtravaganza, Pury Ninja, Augusto Xtravaganza entre outros. O evento será realizado no Rio de Janeiro, a partir das 21h, no dia 9 de setembro.


1 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo